Valei-me nossa Senhora, mãe de Deus de Nazaré

A vaca mansa da leite, a braba dá quando quer

A mansa dá Socegada, a braba levanta o pé

Já fui barco, fui navio, agora sou Escalé

Já fui menino, já fui homem, só me falta ser mulher

Valei-me nossa Senhora, mãe de Deus de Nazaré.

(Auto da Compadecida)