Critica do filme “O Sétimo Filho” (The Seventh Son)

download

A literatura de fantasia sempre foi o meu fraco, ontem convidei minha esposa para assistir o lançamento de “O Sétimo Filho” (The Seventh Son) que a principio nos trailer mostrava que seriam um filme que prenderia o público do inicio  ao fim, mas confesso que esperava mais  deste filme, não posso compara-lo com  O Senhor dos AnéisHarry Potter  que alcançaram um “estrondoso”  sucesso nas bilheterias e coração dos amantes da sétima arte.

 Vários outros filmes tentaram repetir o resultado de  Frodo e Harry. As Crônicas de Nárnia e Percy Jackson até conseguiram gerar sequências mas não foram unanimidades, Eragon  e  Os Instrumentos Mortais, tiveram um fracasso nas bilheterias. O Sétimo Filho deve seguir o mesmo caminho destes últimos. Falta muita coisa para o filme ser considerado um bom filme, ele esta mais para mediano. O que falta é personalidade para ele.

images

O elenco conta com Jeff Bridges interpreta John Gregory, um notório caça-feitiços. Trata-se de um caçador de bruxas. Ele trabalha sempre ao lado de um companheiro, que tem que ser o sétimo filho de um sétimo filho (olha a dificuldade). Após perder seu discípulo, ele vai atrás de um outro sétimo filho e descobre Thomas Ward (Ben Barnes) (atuação Fraca quase parando) um fazendeiro completamente despreparado para os confrontos que surgirão. É claro que ele aprende tudo o que precisa em poucos dias de treinamento e logo se mostra capaz de ajudar na caça a bruxa mais famosa da região, Malkin, que é interpretada pela recém-oscarizada Julianne Moore. Em meio a jornada, Thomas acaba se envolvendo com uma jovem misteriosa (Alicia Vikander), que é uma bruxa sobrinha de Malkin. Ela se verá em conflito tendo que escolher entre o jovem amor ou sua família. Sim, o filme também traz o clichê do amor impossível entre inimigos.

A maior culpada do filme ser moroso e desinteressante é forçar um pouco a barra. Afinal, o roteiro em si não é ruim, só parece corrido e mal aproveitado. Talvez se as personagens fossem um pouco melhor exploradas, o longa ganharia muitos pontos positivos. Mas não é essa a realidade atual, e por vezes o espectador pode se sentir um pouco perdido ou confuso.

O filme também conta com bons efeitos especiais, mas os personagens são tão vazios e a história é tão banal que é difícil se conter apenas com belos efeitos.

 Nota 7,0

assista o trailer

https://youtu.be/Tx3wTVxB-oM

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s