Trabalho de Literatura – turma 2003/3003

Filmes baseados em livros da Literatura Brasileira algumas adaptações ficam muito boas, já outras, nem tanto. o importante é que, cada vez mais, os diretores tentam recriar os conflitos, dilemas e fantasias dos livros.

orientações: escolha um dos filmes abaixo  mande um recado no post dizendo qual o filme escolhido que sera exclusivo daquele aluno a data da entrega e no dia 22/06

  1. A Cartomante (2004) (baseado no conto de Machado de Assis)
  2. A Causa Secreta (1994) (adaptação do conto homônimo de Machado de Assis)
  3. Bela Donna (1998) (baseado na obra “Riacho Doce” de José Lins do Rego)
  4. Benjamin (2004) (baseado na obra de Chico Buarque de Holanda)
  5. Memorias Postumas de Brás Cubas (1985) (do livro de Machado de Assis)
  6. Bruna Surfistinha (2011) (baseada no livro/diário ‘O Doce Veneno do Escorpião)
  7. Canta Maria (2007) (baseado no romance “Os Desvalidos”; de Francisco J. C. Dantas)
  8. Caramuru – a invenção do Brasil (2001) (do livro do Frei Santa Rita Durão)
  9. Cidade de Deus (2002) (baseado no romance de Paulo Lins)
  10. Deus é Brasileiro (2003) (baseado em conto de João Ubaldo Ribeiro)
  11. Dom (2003) (inspirado em “Dom Casmurro”, de Machado de Assis )
  12. Divã, (2009) dirigido por José Alvarenga Jr. ( inspirado na obra literária de mesmo nome da autora Martha Medeiros)
  13. Ed Mort (1996) (comédia baseada nos textos de Luís Fernando Veríssimo)
  14. Garrincha – Estrela Solitária (2003) (baseado no livro “Estrela Solitária”, de Ruy Castro)
  15. Guerra de Canudos (1997) (com José Wilker) (inspirado na obra Os Sertões de Euclides da Cunha)
  16. Jorge, um Brasileiro (1989) (baseado no romance de Oswaldo França Jr.)
  17. Lavoura Arcaica (2001) (do livro de Raduan Nassar)
  18. Lisbela e o Prisioneiro (2003) (da obra de Osman Lins)
  19. Memórias de um Sargento de Milícias (1995) (Caso Especial baseado na obra de Manuel Antônio de Almeida. Adaptação de Jorge Furtado. Rede Globo)
  20. Menino de Engenho (baseado no livro de José Lins do Rego)
  21. Meu Tio Matou um Cara (2005) (do livro de Jorge Furtado)
  22. Netto Perde Sua Alma (2003) (baseado na obra de Tabajara Ruas)
  23. O Alienista e as Aventuras de um Barnabé (2008) (3 contos machadianos: “O Alienista”, “As Aventuras de um Barnabé” – livre adaptação da peça “Quase Menino” – e “A Cartomante”)
  24. O Auto da Compadecida (2000) (da obra de Ariano Suassuna)
  25. O Chamado das Pedras (curta adaptado do poema homônimo de Cora Coralina)
  26. O Corpo (2001) (baseado no conto de Clarice Lispector)
  27. O Guarani (1996) (do livro de José de Alencar)
  28. O Homem Nu (1997) (da obra de Fernando Sabino)
  29. O Quatrilho (1995) (baseado em livro homônimo de José Clemente Pozenato)
  30. O Quinze (2007) (baseado no romance homônimo de Rachel de Queirós)
  31. O Tempo e o Vento (1985) (da obra de Érico Veríssimo)
  32. O Tronco (1999) (adaptação do romance “O Tronco” de Bernardo Élis)
  33. O Vestido (2003) (baseado no poema “O Caso do Vestido”, de Carlos Drummond de Andrade)
  34. O Xangô de Baker Street (2001) (do livro de Jô Soares)
  35. Olhar Estrangeiro (2006) (inspirado no livro “O Brasil dos Gringos”, de Tunico Amâncio)
  36. Orfeu (1999) (baseado na peça “Orfeu da Conceição”, de Vinícius de Moraes)
  37. Os Óculos de Pedro Antão (2008) (baseado em conto homônimo de Machado de Assis)
  38. Pastores da Noite (2003) (da obra de Jorge Amado)
  39. Policarpo Quaresma, herói do Brasil (1998) (da obra de Lima Barreto)
  40. Quanto Vale ou é Por Quilo? (2005) (livre adaptação do conto “Pai Contra Mãe”; de Machado de Assis)
  41. Quincas Berro D’Água (2010) (do livro de Jorge Amado)
  42. Quincas Borba (1986) (do livro de Machado de Assis)
  43. Sonhos Tropicais (2002) (baseado no romance de Moacyr Scliar)
  44. Traição (1999) (da obra de Nelson Rodrigues)
  45. Sério (1996) (curta baseado no conto “O Homem Célebre” de Machado de Assis)
  46. Vestido de Noiva (2006) (baseado na peça de Nelson Rodrigues)
  47. Vida de Menina (2004) (baseado no livro “Minha Vida de Menina”; de Helena Morley)

39 comentários

    • Critica Sobre o filme “O Divã”

      O Filme ” O Divã Inspirado na obra de Martha Medeiros , de mesmo nome é uma bela reflexção .O conteúdo do filme conta a história de uma mulher vivida, que em sua concepção nao tem do que queixar-se. Embora pense assim, em um momento da vida decide fazer análise e, acaba encontrando algumas respostas e ao mesmo tempo dúvidas.
      Ao assistir o filme percebemos que o assunto abordado é bastante feminino, ao passo que são as mulheres que dedicam tempo e dinheiro para o autorreconhecimento,reflecção sobre seu comportamento e são mais fleciveis ao compartilhar suas emoções.
      ”O Divã” quer dizer a vida é feita das situações que ele apresenta , as pessoas se preocupam com quanto estão felizes talvez a insatisfação do ser humano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s