Resenha Crítica| Meu Malvado Favorito 3

download (3).jpg

Titulo Original: Despicable me 3
Titulo no Brasil: Meu Malvado Favorito 3
Direção: Kyle Balda Pierre Coffin
Elenco: Dana Gaier, Elsie Fisher, Jenny Slate, Julie Andrews, Kristen Wiig, Miranda Cosgrove, Nev Scharrel, Pierre Coffin, Russell Brand, Steve Carell, Steve Coogan, Trey Parker
Gêneros: Animação Comédia Família
Nacionalidade EUA

Para quem não se lembra dos outros filmes  vai ai um pequeno  feedback,  Meu Malvado Favorito 1, tínhamos um Gru (voz de Steve Carell no original) autointitulado mestre do crime, clamando o posto de maior vilão do mundo. Até que em sua porta, aparecem três pequenas meninas (Agnes, Margot e Edith), dispostas a derreterem seu coração. Essa paternidade inesperada é o tema do primeiro filme.  Já em Na continuação Meu Malvado Favorito 2 o  gelo do músculo mais forte de Gru segue derretendo, e o sujeito se apaixona por Lucy (Kristen Wiig). Totalmente reabilitado, Gru abandona a vida de crime, e agora trabalha para os mocinhos. É onde o encontramos no início de Meu Malvado Favorito 3.

download

A trama aqui, escrita pelos mesmos Ken Daurio e Cinco Paul dos filmes anteriores, é bem simples e talvez seja a menos interessante da franquia.. neste filme  Gru descobre um irmão gêmeo que nunca soube possuir – isso mesmo! O contraponto de personalidades entre os irmãos é ironicamente adereçado, através de suas aparências físicas e mais ainda pelos comportamentos.

Meu-Malvado-3-CinePOP-750x380

Ao interagir com o irmão perdido, Gru deixa de exercer a dinâmica com as filhas e com os Minions, parte do charme do original. Porém, para não se tornarem totalmente obsoletos para o longa, a turminha ganha suas próprias subtramas. Assim, temos o trecho em que Lucy aprende a se tornar mãe (depois de Gru, agora é a sua vez) e outro no qual os Minions abandonam Gru e acabam presos

O que salva Meu Malvado Favorito 3 é o “vilão e antagonista Balthazar ‘Evil’ Bratt, uma explosão alucinada e hilária, na forma de festa dos anos 1980. É ver para crer.

images

Os baixinhos por outro lado, não pegarão as inúmeras referências direcionadas para os papais e os que já passaram dos trinta.confesso que as músicas eu minha esposa estávamos a todos momento que tocava ficava alucinado, mas as crianças não terão uma referência. Isso sem perder o timing e a essência do personagem preso ao passado. Meu Malvado Faxorv div ersão leve e despretensiosa, que garante o entretenimento dos pequenos, sem ofender os grandinhos.

images (1)

NOTA 7,0

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s